Advertisement

23 de janeiro de 2015

Veto de Dilma gera prejuízo e desemprego no Nordeste. Será que nordestinos vão acordar agora?

Os nordestinos que votaram maciçamente em Dilma Rousseff já estão preparados para ter R$ 19 bilhões de prejuízo e perder 153 mil empregos? A presidente vetou dois artigos da Medida Provisória nº 656 que estendiam até 2042 a vigência de acordo entre a Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco), subsidiária da Eletrobras, e indústrias eletrointensivas do Nordeste. Com a decisão, os contratos continuam valendo apenas até 30 de junho deste ano. Pelo acordo em vigor a Chesf fornece energia para essas indústrias a um custo abaixo do mercado, num preço aproximado de 100 reais por megawatt-hora (MWh). Entre as empresas favorecidas com esse contrato especial estão Vale, Braskem e Gerdau. O veto gera uma reação em cadeia de prejuízos para as indústrias nordestinas. A previsão é de que o custo da energia ficará até quase quatro vezes maior, causando uma perda de R$ 16 bilhões na produção, além do fechamento de 8 mil postos de empregos diretos e 145 mil indiretos. Os casos mais delicados envolvem fábricas instaladas nos estados da Bahia, de Pernambuco e Alagoas. O efeito cascata será inevitável em outras áreas, inclusive com aumento no preço dos imóveis, com informa a capa do Diário de Pernambuco desta sexta-feira (23).

E aí? Será que os nordestinos vão acordar agora?

Do http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2015/01/23/capa-de-jornal-veto-de-dilma-gera-prejuizo-e-desemprego-no-nordeste-sera-que-nordestinos-vao-acordar-agora/

Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário