Advertisement

12 de fevereiro de 2015

Dupla tentativa de assalta é frustrada em Vertente


Já passava das 19 horas quando nas Ruas Amaro Joaquim de Santana e Professor Alves Cavalcanti, dois elementos em uma motocicleta (de modelo, cor e placa não anotada), se aproximaram de dois estabelecimentos comerciais (a duas lanchonetes). No primeiro os meliantes armados com um revolver calibre 38, anunciou o assalto. Nesta ação os meliantes levaram de duas vítimas alguns pertences, tais como; aparelhos celulares e a quantia de cem reais em espécie, das duas vítimas que estavam presentes local. Em seguida os mesmos se dirigiram a outra lanchonete e lá anunciaram o assalto, nesta ação os mesmos abordaram as pessoas presentes tomando-as ao estabelecimento e ao tomarem seus pertences, os mesmos pediam para que as pessoas (as vítimas) subissem para o primeiro andar. Ao perceber a ação um dos clientes (que não foi identificado) chegava ao local quando se deparou com tamanha ação e ao perceber que todas as vítimas já haviam sidos obrigadas a subir para o primeiro andar do estabelecimento, o mesmo (o cliente não identificado) estava de posse de uma arma abriu fogo contra os meliantes que revidaram, vindo a atingi - los, porém os mesmos se evadiram (tanto os meliantes como o suposto cliente) tomando destino ignorado. 
Na fuga um dos meliantes deixou cair a sua arma de fogo, um revolver calibre 38 com 5 munições intactas. A arma foi recolhida pelo proprietário da lanchonete e entregue no Pelotão de Polícia Militar e consequentemente a Delegacia de Polícia Civil. Ao tomarem conhecimento dos fatos através do cidadão, os policiais se deslocou até os locais dos fatos e lá na ouvida dos presentes, os policiais foram informados da troca de tiros dos bandidos com o cidadão e que um deles estaria ferido e que ao se evadirem os mesmos tomaram destino ao terminal rodoviário local. Após colher as devidas informações, a Polícia de imediato se dirigiu para o sentido informado pelo povo.
Ao se aproximar do  local citado, em ronda os policiais ao chegarem na Rua Artur Rodrigues dos Santos, a viatura com os policiais se deparou com um jovem caído ao solo nesta referida rua. Ao se aproximarem, a polícia verificou que o mesmo estava com uma perfuração oriunda de arma de fogo, na altura do ombro direito e outro ferimento lado direito do seu abdômen. Ao ser abordado o mesmo se identificou como sendo; "Jefinho" apelido dado a Jeferson da Silva, servente de pedreiro, residente no Loteamento Princípe da Paz em Toritama. Devido os ferimentos, o os policiais o levaram para o Hospital local, para que ele recebesse os socorros, em seguida o mesmo foi transferido para o HRA.
No momento em que os policiais presentes nesta ação, enquadrava e ao mesmo tempo socorria "Jefinho", os mesmos recebiam informações de que no Hospital de Toritama, havia dado entrada um jovem por nome Aldair, deu entrada naquela unidade hospitalar com aproximadamente três perfurações oriundas de arma de fogo pelo corpo, onde lá o mesmo recebeu os primwiros socorros e transferido para o HRA em Caruaru. Ao receber tal informação os policiais indagou e perguntou ao Jeferson se essa pessoa por nome de Aldair era o seu comparsa nessas tentativas de assaltos?. O mesmo confessou quem era seu comparsa e que ele havia se evadido após serem surpreendidos durante a ação. O Dadá, nada mais é do que Aldair Antônio Pessoa, ajudante de pedreiro, residente no Bairro Deus é Fiel, também na cidade de Toritama. Ambos devido aos ferimentos foram transferidos dos hospitais locais para o Hospital Regional do Agreste, onde estão custodiados. 

Deivson Douglas Jornal Vertentes Notícias.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário: