Advertisement

27 de fevereiro de 2015

Polícia Civil anuncia operação padrão em abril e cogita greve

Os policiais civis de Pernambuco vão entrar em operação padrão a partir do dia 6 de abril, o que na prática significa uma diminuição do ritmo de trabalho da categoria para o mínimo exigido nas normas. A decisão foi tomada na noite dessa quarta-feira (25), em uma assembleia do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol). A principal pauta, definida como uma questão urgente pelo presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, é conseguir a isonomia da gratificação de risco policial em 225% para todos os grupos da polícia. Hoje, só os delegados recebem esse valor. Policiais, agentes, comissários, escrivães e peritos ganham 100% de gratificação.
“A isonomia em 225% dessa gratificação vem para quebrar as distorções históricas dentro da polícia civil. Mas não vamos esperar sentados, vamos implementar, a partir de 6 de abril, a Operação Padrão, denominada pelo nosso sindicato como Operação Polícia Civil Cidadã”, disse Cisneiros.

“Hoje temos delegacias que parecem mais um chiqueiro. Hoje temos o pior salário de polícia civil e trabalhamos com coletes vencidos. Vamos exigir melhores condições, inclusive para atender ao povo pernambucano”, criticou.

A operação padrão será adotada porque o Governo de Pernambuco prometeu discutir a questão da gratificação de risco policial a partir de maio. Caso o pedido não seja atendido, a categoria ameaça parar todas as atividades.

Do Blog de Jamildo

Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário