Advertisement

11 de fevereiro de 2015

Polícia Militar de Pernambuco descarta greve antes do carnaval

Durante assembleia no Centro de Convenções, a maioria da tropa vaiou o discurso dos líderes que tentavam demonstrar avanço nas negociações  Os policiais militares e bombeiros descartaram greve nas vésperas do carnaval e aceitaram as propostas do governo do estado de promover 5.485 profissionais e reajustar em 60% o vale refeição, além de aumentar em 82,52% a gratificação dada aos que são motoristas. A decisão foi homologada nesta terça-feira (10) em assembleia no Teatro dos Guararapes, no Centro de Convenções, em Olinda.
A reunião começou às 16h com a apresentação das propostas das secretarias de Administração e Defesa Social, que foram anunciadas nesta segunda-feira (9), durante terceira rodada de negociação entre estado e categoria. Depois foi aberto espaço para fala das entidades que integram a coorporação. Eles demonstraram sua insatisfação com as condições de trabalho, mas não houve votação porque o número de participantes era insuficiente. 

Novas reuniões para discutir a pauta de reivindicações estão marcadas para maio. Entre os pedidos que ficaram de fora do acordo com o governo estão o Plano de Cargos e Carreiras (PCC), que inclui o aumento do quadro de profissionais, hoje em 19.231 policiais e o reajuste salarial, cujo percentual solicitado ainda será definido pelos policiais. Eles também requerem a implantação do subsídio, que é uma parcela única de remuneração, assim como acontece com os juizes. Atualmente eles recebem o soldo acrescido das gratificações.

De acordo com o presidente da Associação de Cabos e Soldados, Alberisson Carlos, ficou acertado com o governo que o PCC seja discutido de forma específica somente maio. "Tomamos essa decisão em consideração à sociedade. Sabemos que parar no período momesco, onde Pernambuco mostra toda sua cultura e alegria, é complicado", acrescentou.

Informações: Diário de Pernambuco

(Foto: Denny Costa/CBN Recife).
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário