Advertisement

23 de fevereiro de 2015

PRF divulga balanço da Operação Carnaval

A Polícia Rodoviária Federal divulgou nesta quinta-feira (19), os números da Operação Carnaval no Estado. A fiscalização na folia teve início à zero hora da última sexta-feira (13) e foi concluída à meia-noite da quarta-feira (18). Esta ação está inserida na segunda etapa da Operação Rodovida, que vem sendo realizada desde o dia 12 de dezembro de 2014, em parceria com os demais órgãos de segurança do estado e municípios. Durante o Carnaval, a PRF constatou uma diminuição de 3,68% no índice de acidentes, levando-se em consideração a evolução da frota, sendo registrado o número de 1,31 acidentes por milhão de veículos. Apesar da diminuição do índice de acidentes houve um aumento do número de feridos e de mortos, em comparação com o período do carnaval de 2014.

Ao contrário da tendência de maior número de acidentes graves nas rodovias onde o volume de tráfego é mais intenso (polos carnavalescos da região metropolitana e caminho das praias), este ano os acidentes mais graves (com óbitos) aconteceram no Agreste e no Sertão do estado. Durante o período carnavalesco, foram fiscalizados 5.592 veículos e 5.975 pessoas que transitavam pelas rodovias.

O levantamento realizado nos locais dos acidentes com óbito constatou que metade das mortes foi de motociclistas, dois acidentes foram causados por ultrapassagens indevidas, além de terem sido detectados fatores como a falta de atenção, a velocidade excessiva, a ingestão de álcool e a presença de animais na pista. O excesso de velocidade foi a infração mais constatada pela PRF, com o registro de 1.054 imagens de veículos acima da velocidade permitida. Também foram registradas 330 autuações por ultrapassagens em local proibido.

A PRF realizou 1.655 testes com o bafômetro, que retiraram de circulação 41 motoristas alcoolizados e flagraram dois motoristas com índices de alcoolemia acima de 0,33mg/l, o que resultou em prisão. No carnaval do ano passado foram realizados 1.589, com 39 autuações e 13 prisões de condutores sob efeito de álcool.

Além da fiscalização intensa, ações de educação foram realizadas na Região Metropolitana do Recife, através do projeto Cinema Rodoviário, em que motoristas e passageiros participaram de palestras e vídeos educativos sobre cuidados no trânsito. Ao todo, 485 pessoas foram alertadas sobre as graves consequências que uma atitude incorreta na direção do veículo pode provocar.

Os comandos de fiscalização e o desligamento das lombadas eletrônicas na BR 232 também contribuíram com a fluidez do trânsito, não sendo registrados os longos engarrafamentos de anos anteriores. Durante a operação, foram aplicadas 1.821 autuações por desrespeito ao Código de Trânsito Brasileiro(CTB), além de terem sido registradas 66,5 toneladas de excesso de peso em caminhões e bitrens. No ano passado, haviam sido aplicadas 1.508 autuações por diversas infrações ao CTB.

 Do Vanguarda 
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário