Advertisement

25 de fevereiro de 2015

Processos de indenização de vítimas de acidentes poderão ser acelerados

Processos de indenização de vítimas de acidentes poderão ser acelerados em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Foram selecionados 800 processos para o 4º Mutirão do Seguro Obrigatório contra Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), de acordo com a assessoria de Comunicação Social do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).
O objetivo é “desafogar o acervo processual local”, conforme explicou o coordenador da ação, juiz Marupiraja Ramos, por meio da assessoria. "Ações que poderiam demorar dois anos em tramitação são abreviadas com a resolução durante o evento", acrescentou Ramos.
Durante o mutirão, atua uma equipe de 43 pessoas, entre profissionais da área, servidores e voluntários. Os processos selecionados abrangem municípios das comarcas de Caruaru, a exemplo de Agrestina, Bonito, Altinho, Belo Jardim, Bezerros, Brejo da Madre de Deus, Cupira, Camocim de São Félix, Garanhuns, Gravatá, Sairé, Santa Cruz do Capibaribe, São Bento do Una, São Caetano e Toritama.
“No país, todos os pedestres, motoristas e passageiros têm o direito à indenização do Seguro DPVAT nos casos de morte, invalidez permanente e reembolso das despesas médico-hospitalares comprovadas. O próprio acidentado ou herdeiro pode dar entrada na indenização e reembolso, não sendo necessário o auxílio de intermediário”, esclarece ainda a assessoria.
O evento ocorre desde as 8h desta terça (24) até as 18h da sexta-feira (27),  na Central de Mediação, Conciliação e Arbitragem de Caruaru (CCMA), com sede no Fórum Juiz Demóstenes Batista Veras, localizado na Avenida José Florêncio Filho, sem número, no Bairro Maurício de Nassau.

DO G1
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário