4 de fevereiro de 2015

postheadericon Ypiranga sai na frente, mas não conseguiu vencer e só empatou com o Atlético na abertura do hexagonal da morte.

Na estréia do hexagonal da permanência, o Ypiranga só empata em casa diante do Atlético Pernambucano. Logo no inicio da partida os visitantes logo trataram de mostrar que não seriam presas fáceis para os donos da casa e que dificilmente se repetiria o resultado do ultimo jogo entre as duas partidas, na primeira fase. Donos de um toque de bola envolvente e de uma correria impressionante o time do Atlético foi logo partindo pra cima do Ypiranga, mostrando estarem dispostos a conquistar algum ponto fora de casa. como também por parte dos atletas atleticanos eram um bom momento deles mostrarem suas qualidades, já que era a estréia do seu comandante. O experiente treinador, o ex jogador da Ponte Preta e do Corinthians, e ex - técnico de ambas equipes o Juninho. Já o time do Ypiranga, jogava com certa cautela e sempre aproveitando os erros da equipe adversária. O time da Máquina de Costura, contou mais uma vez com a presença e o apoio de sua torcida e aos poucos tentava retribuir o apoio da torcida com não só uma boa e convincente apresentação, mas com o mais importante uma vitória. Mas acabou esbarrando no esquema e na força da equipe adversária. O Ypiranga conseguia desarmar as jogadas de ataque do time atleticano, porém na sequencia das jogadas sempre haviam erros naquele chamado ultimo toque, ou até mesmo nas finalizações.
O primeiro tempo foi marcado com jogadas especiais, tanto de um lado como do outro. O time do Atlético teve a chance de abrir o placar antes dos donos da casa e assim sair na frente, porém pecaram nas finalizações, exemplo de uma sobra de bola após uma cobrança de escanteio, em que a bola sobrou livre para o jogador Vandinho, que na frente do gol, numa indefinição da zaga alvi - azulina, ele não teve a calma de dominar e mandar pras redes e do jeito que a bola veio ele á chutou e isolou a bola colocando-a por cima do gol defendido por Elias. No lance seguinte o Ypiranga ao se lançar para o ataque, numa bela triangulação e trocas de passes entre o seu meio campo, acabou resultando numa falta frontal ao gol defendido por Celso do Atlético e que na cobrança magistral do meia Rosembrick, a bola morreu no fundo das redes. O Mago fazia a alegria da torcida do Ypiranga numa bela cobrança de falta, que não deu chances para o arqueiro, que nem se quer se mexeu. Logo após o gol do meia Rosembrick, o Ypiranga quase marca o segundo gol, com Ítalo que após uma bela jogada do Gil pela esquerda, o jogador foi driblando e encarando os adversários até chegar a linha de fundo e cruzar na medida na cabeça do atacante Ítalo que cabeceou e o goleiro Celso fez uma grande defesa. O primeiro tempo terminou um a zero pro Ypiranga. 
Na segunda etapa de jogo o Atlético voltou mais ousado e aproveitou uma indefinição da zaga do Ypiranga e numa bela jogada do meia tarcisio, acabou resultando num escanteio, que após sua cobrança a bola num bate rebate sobrou livre para o atacante Cajá, que teve calma e não desperdiçou a chance e fez o gol do time visitante, empatava naquele momento a partida. Depois disso ambos os técnicos mudaram algumas peças, tentaram mudar a forma de jogar, mas de nada adiantou e assim a partida terminou mesmo no um a um. Melhor pro time visitante que saiu com um pontinho na bagagem, enquanto o Ypiranga além de perder dois pontos preciosos, deixou mais uma vez a vitória escapar dentro de casa.
O Ypiranga jogou e empatou jogando de: 12 Elias, 2 Maneco, 3 Toninho, 4 Jair, 5 Gil Pernambuco (A), 6 Jackson (A), 7 Xinho, 8 Gabriel (A) ( 20 Thiago Souza), 9 Ítalo (19 Ila), 10 Rosembrick (A) (Gol), 11 Léo Itatuba (17 Thauan); Técnico Reginaldo Sousa.
O Atlético Pernambucano jogou de 1 Celso, 2 Mike (16 Djalma Pereira), 3 Renato, 4 Vandinho, 5 Ribeiro, 6 Luan, 7 Patrick, 8 Belisco, 9 Júnior (18 Wellington). 10 Tarcísio (A) e 11 Cajá (Gol); Técnico: Juninho Fonseca.
Arbitragem de: Neilson Santos, auxiliado por: Gilson Braz e Aldir Pereira, o 4° arbitro foi Silvio Cavalcanti. O limeirão recebeu um publico pagante de 2.038 torcedores, para uma renda de R$ 15.525,00.
A mais completa cobertura ficou por conta das  Rádios Vale AM e Santa Cruz FM. Patrocínio Preferencial Jeans e Toritama Gold Hotel (Empreendimento do Grupo Céu Azul e Metaurus Jeans).
Confira os resultados da rodada:
No Antônio Inácio de Souza em Caruaru o Porto venceu o Pesqueira pelo placar de 1 a 0;
Jogando no Eládio de Barros Carvalho (Aflitos) em Recife o América venceu o Vera Cruz por 2 a 0, e;
No Otávio Limeira Alves em Santa Cruz do Capibaribe, o Ypiranga empatou em 1 a 1 com o Atlético Pernambucano.
* Observação: A grande atração da noite foi o Técnico do Atlético Pernambucano, Juninho Fonseca (Ex - Jogador e Técnico do Corinthians e Ponte Preta), que após o jogo fez questão de pousar pra alguns registros fotográficos com repórteres e torcedores.

0 comentários:

Berg Etiquetas

Berg Etiquetas

NG Tecidos

NG Tecidos

PMDB

PMDB

GPS - Administradora

GPS - Administradora

Cheiro e Chame Acessórios

Cheiro e Chame Acessórios

Ricardo

Ricardo


DISQUE 3719 4545

DISQUE 3719 4545
Para qualquer Informação

C & E F: 9319 6440

C & E F: 9319 6440
Fone 9716:8881

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Promoção Grátis

Insira seu Email Gratuitamente

Receba Nossas Novidades Via Email

Colaborador

Colaborador

Romero Leal

Romero Leal

Vereador Fábio Araújo

Vereador Fábio Araújo

Ligue 3741 1602

Ligue 3741 1602

Vereadora Rossana

Vereadora Rossana

Radio Toritama FM 104.9

Colaborador

Colaborador

Postagens populares

Seguidores

Atualizados