Advertisement

17 de março de 2015

O caso Zezinho de Manoel da Santa de Toritama. Dia 17 de março Retratação.

Zezinho de Manoel da Santa(José Manoel da Silva) Nasceu em 2 de dezembro de 1940, em Toritama, Pernambuco, filho de Manoel José da Silva e Luiza Elvira da Silva. Ex-cabo da Marinha, expulso em 1964. Agentes da polícia secreta, usando um veículo oficial do INCRA, prendeu José Manoel levando-o para lugar ignorado e considerado-o comunista e terrorista, foi assassinado sob torturas pela equipe do delegado Sérgio Fleury no dia 8 de janeiro de 1973, no Massacre da Chácara São Bento. Foi sepultado como indigente no Cemitério da Várzea no Recife. Em 19 de dezembro de 1994, sua viúva Genivalda Maria da Silva exumou seus restos mortais. À época da morte de José Manoel, Genivalda também foi presa, torturada e estuprada por soldados do Exército. Ficou, então, sem coragem para reclamar o corpo do marido. Só em 1994, com o apoio do Grupo Tortura Nunca Mais de Pernambuco, ela tomou a iniciativa de exumar seus restos mortais e dar-lhe uma sepultura digna.
Retratação política em Toritama Em 1994 portanto, realizou-se solenidades especiais para receber o corpo de José Manoel da Silva que durante muito tempo foi tido como um criminoso. Confira o documentário mostrando a chegada do corpo a Toritama e a solenidade realizada em 94.

Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário