Advertisement

25 de março de 2015

FEM 2015 é maior e traz imposições aos prefeitos

A edição deste ano do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Municipal, o FEM, chega aos gestores com mudanças na concessão do benefício em 2015. As prefeituras vão ter que cumprir os projetos propostos nos anos anteriores para receber mais recursos. A previsão é de que a verba deve estar disponível a partir de julho, mas o dinheiro só começa a  ser liberado a medida que as obras do FEM 2013 e 2014 forem finalizadas. O governador Paulo Câmara anunciou nessa segunda-feira que a verba do FEM 2015 será de 263 milhões de reais. O valor corresponde a 9,13% a mais do que foi investido em 2014. Para o socialista, os municípios vão ter liberdade para escolher as áreas prioritárias, contanto que seja respeitada a cota de investimento de cinco por cento em políticas públicas voltadas para a mulher.

Também nessa segunda-feira, foi assinado o decreto que estipula a criação do escritório de projetos para ajudar as prefeituras. Uma promessa de campanha de Câmara que pretende solucionar os erros nos projetos e dar assistência aos municípios. O governador antecipou que o escritório vai ter um investimento de dez milhões de reais.

Paulo Câmara anunciou também que o escritório do estado em Brasília vai passar a dar suporte aos prefeitos que precisem ir à capital federal negociar com ministros.

Durante o discurso, o socialista afirmou que o estado tem atravessado o que pode ser a maior crise dos últimos 50 anos e culpou a estiagem e a situação fiscal do estado.



DO Diário de Pernambuco

Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário