Advertisement

16 de março de 2015

Professores da rede estadual decretam estado de greve

Os professores da rede estadual de ensino estão em estado de greve. A decisão da categoria foi tomada na manhã desta sexta-feira (13), durante assembleia geral, no Teatro Boa Vista, no Recife. Ao todo, cerca de 1.500 trabalhadores em educação estiveram presentes no encontro. Durante a atividade foi aprovado um calendário de mobilizações, que teve início nesta sexta-feira, com uma passeata pelas ruas do Recife até o Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado. Uma comissão foi recebida por representantes do poder executivo estadual, onde foi entregue um protocolo de exigências que cobra do governo estadual a aplicação dos 13,01% para toda a categoria do ensino público estadual e a apresentação de uma planilha da aplicação dos 100% de reajuste no salário dos docentes nos próximos quatro anos, como prometido pelo governador Paulo Câmara, durante a campanha eleitoral.

Nesta quinta-feira (12), o governo estadual encaminhou a Assembleia Legislativa de Pernambuco um Projeto de Lei que reajusta em 13,01% apenas o salário dos professores com nível médio, o antigo magistério. Já para os docentes com nível superior o reajuste foi de 0,89%. Com isso, o salário de professores com magistério e com nível superior ficou igual, ocorrendo um achatamento no Plano de Cargos e Carreira da categoria.

Na próxima quarta-feira (18), será realizada, a partir das 9h, na Assembleia Legislativa de Pernambuco uma audiência pública para discutir a questão salarial dos professores. No mesmo dia, às 16h, ocorrerá uma nova negociação com o governo do estado. No dia 23 de março (segunda-feira), será realizada uma assembleia geral, onde os docentes podem decretar greve.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário