15 de março de 2015

postheadericon Ypiranga se despede do Campeonato Pernambucano com derrota.

O time da "Capital da Sulanca", bem que tentou encerrar a temporada com uma vitória, mas não conseguiu conter o impeto do seu adversário e se despediu da temporada 2015 com mais uma derrota. O Ypiranga - PE​ que não almeijava ais nada na competição, foi até Carpina enfrentar o Atlético Pernambucano que dependia só de suas próprias forças, pois bastava uma simples vitória, para o "Tatu Bola" sacramentasse a sua permanência na elite do futebol pernambucano.
O jogo começou muito corrido e com ambos os times buscando o gol a todo instante, nem parecia que o time de Santa Cruz Do Capibaribe​ já estava eliminado e rebaixado, pois vendia caro a permanência ao time da casa, precionando nas saídas de bolas e marcando em todos os setores, e de posse de bola partia perigosamente para o ataque. Já o Atlético Pernambucano precisava de uma simples vitória para não depender de mais nenhuma outra combinação de resultados. E logo foi pra cima do Ypiranga tentando não só os gols, como também sacramentar a vitória e assim carimbar a sua permanência na elite do futebol pernambucano em 2016.
Por fim o jogo terminou com a vitória do Atlético pelo placar de dois a um. Aos 33 minutos do primeiro tempo, o jogador Belisco do Atlético, recebeu uma bola no meio campo, conduziu a bola e em seguida arriscou um belo e forte chute de longe, a bola foi em direção da meta defendida pelo goleiro Elias, a bola além de forte, quicou na frente do goleiro, que encoberto pelos jogadores de linha, se jogou em direção da mesma, mas nada pôde fazer e viu a bola morrer no fundo das redes. Belisco fazia ali, Atlético 1 a 0 em cima do Ypiranga, placar do primeiro tempo.
Na segunda etapa, o jogo voltou pegado para ambos os lados, mas o Atlético criava mais oportunidades de gols. Até que aos 13 minutos da segunda etapa, após cobrança de falta da direita do ataque alvi-azulino, a bola chegou na medida para o zagueiro Jajá, subir mais do que os seus marcadores e cabecear sem chances de defesa do goleiro Celso do Atlético, empatando a partida em um a um. O empate seguiu até os 27 minutos do segundo tempo, quando num lance de ataque o jogador Luan (que havia acabado de entrar em campo pela equipe Atleticana), invadiu a área fez a finta em cima de Jajá e acabou sendo deslocado pelo jovem Kennedy que vinha no apoio e fez falta, na área é pênalti.
Elias mais uma vez aprontou das suas e antes que o mesmo Luan, efetuasse a cobrança o goleiro da Máquina, provocou o atacante, dizendo que ia olhar bem pra ele e que iria pegar a penalidade. Luan após autorizado cobrou no lado esquerdo do goleiro, que fez uma grande defesa, porém no rebote a bola sobrou no meio do gol e o próprio Luan, livre de marcação e mesmo com a segunda tentativa de defesa do arqueiro conseguiu colocar pra dentro das redes de Elias, fazendo assim Atlético Pernambucano 2, Ypiranga 1, placar que seguiu até o final do jogo. Mesmo com o Ypiranga sem almejar mais nada na competição, continuou pressionando o time da casa. E no finalzinho por pouco não chegou ao gol de empate, com um lance confuso na área após cobrança de escanteio a bola sobrou pra um jogador do Ypiranga chutar da entrada da área e um zagueiro atleticano tirar a bola em cima da risca.
Elias acabou o jogo como um homem de linha e foi pra o campo adversário tentando ajudar o seu time a fazer o segundo gol e consequentemente empatar a partida. No fim o jogo foi mesmo Alético Pernambucano 2 a 1 no Ypiranga.
O Atlético jogou de: 1 Celso, 2 Emerson, 3 Renato, 4 Vandinho, 5 Belisco (1 gol), 6 Luan, que saiu, pra entrada de 16 Alan (1 gol), 7 Rodrigo, 8 Silva, 9 Júnior, que saiu e entrou o 17 Léo, que se machucou e saiu para a entrada do 13 Marquinhos, 10 Tarcízio e 11 Patrick; Técnico Juninho Fonseca.
Já o Ypiranga jogou de 12 Elias, 2 Kennedy, 3 Jajá (1 gol), 4 Toninho, 5 Airton Júnior, 6 Diogo, que saiu para a entrada do 13 Luiz, 7 Gabriel, que saiu e deu lugar ao 17 Thauan, 8 Jair, 9 Danúbio, 10 Anderson Oliveira, que saiu pra entrada de 16 Mikahélio e 11 Ila; Técnico Neco.

Arbitro: GLEYDSON FERREIRA LEITE
Arbitro Assistente 1: ALBINO DE ANDRADE ALBERT JUNIOR
Arbitro Assistente 2: CLEBERSON NASCIMENTO LEITE
Quarto Arbitro: GILBERTO FREIRE DE FARIAS
Assessor: ELIAS COELHO DA SILVA

Por Wendell Galdino.

0 comentários:

VER MAVA

VER MAVA

Berg Etiquetas

Berg Etiquetas

NG Tecidos

NG Tecidos

GPS - Administradora

GPS - Administradora

Cheiro e Chame Acessórios

Cheiro e Chame Acessórios

Ricardo

Ricardo


DISQUE 3719 4545

DISQUE 3719 4545
Para qualquer Informação

C & E F: 9319 6440

C & E F: 9319 6440
Fone 9716:8881

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Promoção Grátis

Insira seu Email Gratuitamente

Receba Nossas Novidades Via Email

Colaborador

Colaborador

Romero Leal

Romero Leal

Ligue 3741 1602

Ligue 3741 1602

Vereadora Rossana

Vereadora Rossana

Radio Toritama FM 104.9

Colaborador

Colaborador

Postagens populares

Seguidores

Atualizados