Advertisement

26 de abril de 2015

ASPOL/PE denuncia: policiais civis dormem na companhia de escorpiões na delegacia de Sertânia (PE)

Diego Soares, presidente da ASPOL/PE: Pacto pela Vida está falido! Falta combustível para viaturas, estrutura física adequada, coletes, algemas, armamento em boas condições, efetivo. Absolutamente tudo! 25.04.2015 A Associação dos Policiais Civis de Pernambuco (ASPOL/PE) denuncia as péssimas condições de trabalho a que os servidores da delegacia de Sertânia estão sendo submetidos. Eles laboram em um ambiente insalubre, com paredes sujas e a constante presença de escorpiões, o que compromete a saúde desses servidores, bem como a dos cidadãos. Diego Soares, presidente da ASPOL/PE, argumentou que o vídeo da unidade policial do sertão deixou claro que, realmente, o Pacto pela Vida está falido. “Por isso, chamo a responsabilidade para a sociedade Pernambucana zelar pela sua Polícia Civil, cobrando do Governo uma política que valorize o servidor, ou seja, um pacto pelo policial. Caso contrário, não teremos meios para combater a crescente criminalidade em nosso estado, visto que falta absolutamente tudo: combustível para viaturas, estrutura física adequada, coletes, algemas, armamento em boas condições de uso, efetivo. E para piorar, a remuneração paga aos policiais é totalmente defasada. Enfim, quem trabalha com improviso é ATOR e não POLICIAL”, disse.
Assista ao Vídeo: http://aspolpe.com.br/site/?p=9444
ASPOL/PE denuncia: policiais civis dormem na companhia de escorpiões na delegacia de Sertânia (PE)

-- 
Atenciosamente,

Diego de Almeida Soares

Associação dos Policiais Civis de Pernambuco - ASPOL/PE

Site da Associação: www.aspolpe.com.br
Site da Clínica de Saúde Independente: www.clinicaindependente.com
Site da Loja Policial: www.lojapolicial.com.br

Redes Sociais: www.facebook.com/aspolpernambuco

Telefones Sede: (81) 3721-4317 / 9861-6263
Plantão Jurídico: (81) 9861-6161/ 9717-8909
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário