Advertisement

9 de abril de 2015

EX CMT GERAL DA PM, CEL RR CARLOS PEREIRA, NAO CONCORDA COM O QUE O GOVERNADOR FALOU EM UMA ENTREVISTA.

"... ouvi a entrevista do Gov hoje no programa de Geraldo Freire. Fiquei surpreso com a forma minimalista com a qual o nosso gestor maior afirmou haver enfrentado o mau resultado do PPV em 2014: trocou os cmts das polícias, deixando a mensagem subliminar de que a responsabilidade foi dessas instituições, além de aumentar o valor dos bônus operacionais e cumprir a legislação referente às promoções. Ora, os números do primeiro trimestre de 2015 refutam completamente essa lógica. Vejamos: CVLI 2014/2015: Jan 256/323; Fev 261/325; Mar 311/333; Total: 828/981, ou seja, 153 homicídios a mais nesse ano. Todos os meses de 2015 superaram o pior mês de 2014, maio, com 321 CVLI. E agora? As polícias continuam sendo o motivo do recrudescimento da violência em Pernambuco? Estranhamente, o nosso gov não apresentou quais seriam as medidas para o enfrentamento às questões das drogas e da ressocialização, ao passo em que, diariamente, lemos no noticiário que a maioria das vítimas dos homicídios são pessoas envolvidas com drogas, presidiários ou egressos do sistema. Recente pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios levantou que a droga é hoje um grave problema em cerca de 90% dos municípios pernambucanos. E a culpa é das polícias? Finalizando: o mais interessante é que, até 2013, enquanto os números foram favoráveis, TODOS faziam questão de se incluir no Pacto pela Vida. Hoje, parece que o PPV é composto apenas pelas polícias... Parece que os ensinamentos e discursos dos sete anos de vitória se perderam no ar, ou foram sepultados junto com o idealizador do programa. Lamentável. "




MUITA CORAGEM DO EX CMT TER DITO TAIS PALAVRAS. O CEL RRPM CARLOS, FOI COLOCADO NO COMANDO DA PMPE, PELO EX GOVERNADOR EDUARDO CAMPOS E FEZ UM EXCELENTE TRABALHO A FRENTE DA CORPORAÇÃO.
A HISTORIA E O TEMPO É QUEM O JULGARA. 

DO BLOG GALHO DE MATO 
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário