Advertisement

20 de abril de 2015

Morre aos 63 anos deputado estadual de PE Manoel Santos

Deputado estadual Manoel José dos Santos morreu aos 63 anos, em São Paulo (Foto: Divulgação/ Alepe) Morreu neste domingo (19), aos 63 anos, o deputado estadual pernambucano Manoel José dos Santos (PT). Ele estava internado desde fevereiro deste ano no Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, tratando um câncer. Manoel Santos foi eleito deputado estadual ano passado, com 55.310 votos. Atualmente, estava licenciado do mandato na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O parlamentar era líder da bancada do PT e titular das comissões de Agricultura, Pecuária e Política Rural e de Saúde e Assistência Social. Ele era casado e deixou quatro filhos. O gabinete do deputado Manoel Santos informou que o traslado do corpo ocorrerá às 10h desta segunda-feira (20), e a chegada ao Recife está prevista para 13h30. Depois, o corpo será levado para a sede da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape), na Rua Gervásio Pires, na Boa Vista, área central da cidade, e encaminhado à sede da Alepe, na Rua da Aurora, mesmo bairro, onde será velado.

De acordo com a deputada estadual Teresa Leitão, presidente do PT-PE, o corpo será cremado no cemitério Morada da Paz, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. A parlamentar ainda acrescentou que Manoel Botafogo (PTB) vai assumir o mandato deixado por Manoel Santos. A posse deve ocorrer ainda nesta semana.

Trajetória
De acordo com informações na página da Alepe, Manoel José dos Santos nasceu em Serra Talhada, no Sertão pernambucano. Filho de um agricultor familiar, começou a trabalhar na roça aos seis anos e ingressou no movimento sindical aos 20. Na década de 1990, presidiu a Fetape.

Entre 1998 e 2009, ocupou também a presidência da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag). Foi ainda o primeiro secretário rural da Central Única dos Trabalhadores e dirigente-fundador do Partido dos Trabalhadores em Pernambuco.

Líder do PT no Senado, o deputado Humberto Costa emitiu nota de pesar. "Mané, como costumava chamar, além de um amigo e companheiro de lutas, sempre foi um exemplo. Dedicou a sua vida a defender aqueles que, como ele, enfrentaram as dificuldades para viver da agricultura familiar no País. O deputado foi um dos fundadores da CUT e do PT no estado e foi um dos primeiros representantes dos trabalhadores rurais a conseguir um mandato na Assembleia Legislativa, onde sempre teve uma atuação de destaque, sabendo cobrar quando necessário, mas também negociar e defender aquilo que é importante", disse.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, também emitiu nota em condolências aos familiares e amigos de Manoel dos Santos. "De origem humilde, Manoel foi um corajoso e ativo defensor dos camponeses e dos trabalhadores rurais, primeiro como sindicalista, na Fetape e na Contag, e, depois, como deputado estadual. Sua história de vida é um exemplo para todos nós”, disse

DO Do G1 PE
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário