Advertisement

22 de maio de 2015

Projeto desenvolve nanosensores para detectar poluição nos rios "Toritama"



Com a  intenção de produzir nano sensores para detectarem micropoluentes na água, foi desenvolvido pelo Departamentos de Química Fundamental e Engenharia Civil da Universidade Federal de Pernambuco um projeto apoiado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (Fade - UFPE).O projeto tem como objetivo monitorar a qualidade da água e detectar micropoluentes nos rios Capibaribe e Ipojuca, na região de Caruaru e Toritama. De acordo com o Coordenador da primeira etapa do projeto, Professor Dr. Petrus Santa Cruz, primeiramente se pretendeu estabelecer um sistema de reconhecimento do esgoto doméstico não tratado que chega aos rios.Para essa identificação, o projeto utiliza processos tecnológicos inovadores baseados na printônica - impressão de dispositivos com materiais nanoestruturados.

A produção desse tipo de dispositivo só é possível graças a uma impressora chamada DMP – Dimatix Material Printer - que foi importada pela Fade do Japão com recursos do projeto. 

Do NE 10 
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário