Advertisement

22 de maio de 2015

Segundo reajuste do ano deixará contas de água 3,51% mais caras em Pernambuco

As contas de água dos pernambucanos vão ficar mais caras pela segunda vez neste ano a partir do dia 20 de junho. Na manhã desta quinta-feira, a Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) anunciou uma revisão tarifária extraordinária resultado do pedido da Compesa mediante os aumentos das contas de energia elétrica e das bandeiras tarifárias instituídas pela Aneel. A companhia pediu 6,76%, mas a Arpe aprovou um aumento de 3,51%, que vale para todo o estado. Segundo Hélio Lopes, diretor de Regulação Econômico- Financeira da Arpe, neste aumento será compensada a banderia tarifária já cobrada nas contas dde energia de janeiro a julho deste ano. "O impacto nas contas da Compesa com os reajustes e a bandeira tarifária foi muito grande. Em dezembro, a conta de energia deles foi R$ 11,2 milhões. Em junho, esse valor passou para 15,7 milhões. Houve um aumento de 39,60% nas despesas mensais referentes a Celpe e, com o reajuste deste mês, estamos compensando 33,45% desse valor", detalha.

Vale lembrar que em 20 de março deste ano, a Compesa já aplicou o percentual de 8,35% a mais nas contas de água dos pernambucanos, valor aprovado pela Arpe. "No cálculo do reajuste anual, fizemos uma composição entre a inflação e os dois aumentos de energia homologados pela Aneel em fevereiro e abril deste ano, mas não tínhamos incluído as bandeiras tarifárias, porque ainda não tinha como medir o impacto real disto nas contas da Compesa. Agora, calculamos e percebemos que sem o realinhamento extraordinário, o equilíbrio financeiro da empresa poderia ser ameaçado", completa Lopes.

Do Diário de Pernambuco 
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário