Advertisement

11 de junho de 2015

Inflação acelera em maio e Recife é a capital com o maior índice

A inflação oficial brasileira medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do mês de maio registrou a maior alta para os cinco primeiros meses do ano e também para o período de 12 meses, aponta o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).  Recife foi a capital brasileira com a maior inflação de maio, com um índice de 1,51% no mês (contra 0,78% em abril). No ano o IPCA acumula 5,16% para os recifenses e 7,85% em 12 meses. Contribuiu para o resultado local o aumento da conta de luz de 11,25%, que passou a valer no final de abril.  Além disso, o IBGE também destaca o comportamento do preço dos alimentos na Região Metropolitana do  Recife, com aumento de 2,32% no mês, bem acima da média nacional (1,37%), além da  gasolina com aumento de 5,20%. 

Nacionalmente, o IPCA ficou em 0,74% no mês de maio, resultado acima do registrado em abril (0,71%), acumulando alta de 5,34% em 2015 (maior resultado para o período desde 2003, com 6,08%) e 8,47% em 12 meses, mais do que o registrado no mesmo período do ano passado (8,17%).

Em relação à  alta da energia autorizada pelo governo em maio e nos meses anteriores para outras concessionárias do País , o consumidor passou a pagar, este ano, 41,94% a mais, em média, pelo uso da energia, enquanto nos últimos doze meses as contas estão 58,47% mais caras. No Recife a variação de preços neste item é de  27,76% este ano e 31,34% em 12 meses. 

Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário