Advertisement

19 de julho de 2015

ASPOL/PE solicita perícia em coletes balísticos utilizados pelos policiais civis de PE

Preocupada com a integridade física dos policiais civis, a Associação dos Policiais Civis de (ASPOL/PE) oficiou ao Chefe de Polícia o pedido para a realização de testes nos coletes balísticos adquiridos pela instituição. A intenção é assegurar que esses servidores estejam utilizando equipamentos seguros, visto que houve denúncia recente sobre a ineficácia dos produtos controlados pelo Exército. A acusação, veiculada em rede nacional, apontava que oficiais estavam recebendo propina para aprovar equipamentos sem nenhuma qualidade.
A intensão é que o Instituto de Criminalística teste os coletes com o calibre máximo suportado. Diego Soares, presidente da ASPOL/PE, também justifica que o pedido é importante para evitar que outros policiais percam a vida: “Perdemos um policial rodoviário federal com um tiro de .38, que transfixou o seu colete. Após o ocorrido, verificou-se que o equipamento de proteção não possuía nenhuma eficácia. Além disso, tomamos conhecimento das denúncias contra o Exército. Assim, solicitamos à chefia urgência na realização dos testes com os coletes adquiridos pelo Estado, prezando pela segurança dos nossos policiais”.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário