Advertisement

21 de julho de 2015

O DESCASO DO GOVERNO DO ESTADO COM A POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO.

Ultimamente os policiais civis do estado resolveram não participar mais do programa de jornada extra de segurança (PJES), ocasião na qual trocavam seu descanso/folga em troca de um pequeno pagamento. Isso ocorreu porque eles não recebiam "hora extra" e "adicional noturno", o que é direito de todos os trabalhadores no país, seja qual for a sua profissão. Em resposta o governo realocou os poucos policiais nas delegacias seccionais, visando que estes ocupem as vagas do PJES. De fato, o que ocorreu foi que muitas delegacias municipais estão sem o expediente policial, como a cidade de Brejo da Madre de Deus, Taquaritinga do Norte e Toritama, ou seja, nesses locais não se realiza mais investigação, nem depoimento, nem apreensão/restituição de bens etc. É importante que a população tenha conhecimento de que a mobilização dos policiais civis busca alcançar dignidade e servir com qualidade e respeito à população, afinal, foi para o povo que juramos servir! -"Se a situação não estava boa, imagina agora?!".
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário