Advertisement

23 de agosto de 2015

População de Taquaritinga do Norte vai às ruas e protesta contra a falta de segurança no município

Aproximadamente 500 pessoas participaram de uma caminhada pela Paz em Taquaritinga do Norte na tarde deste sábado (22). O movimento "Taquaritinga do Norte Quer Paz" foi organizado por moradores do município, que indignados com a falta de segurança decidiram ir às ruas protestar contra a situação. Durante a tarde deste sábado, algumas pessoas começaram a se concentrar em frente ao Clube Serrano, próximo a prefeitura municipal, e saíram em caminhada no intuito de chamar atenção das autoridades pedindo mais segurança para a Dália da Serra.

O objetivo maior dos moradores é chamar atenção do Governo de Pernambuco para que o problema da falta de segurança seja resolvido. 
Várias assinaturas foram colhidas durante o movimento para fazer um abaixo-assinado, que será entregue ao governador Paulo Câmara por uma comissão de moradores que deve ir a Recife nos próximos dias.
 
 
O evento contou com a participação de pessoas de todas as idades, moradores, comerciantes, integrantes da imprensa regional (blogs e emissoras de rádio) e também prestigiaram o evento o Vice Prefeito Lero, os vereadores Demar e Geovane, ambos que foram vítimas recentes de assaltos e também os vereadores Luquinha da Saúde, Borges e Jânio Arruda. 
"Eventos desta natureza onde a sociedade clama por seus direitos, são muito importantes por levar uma mensagem de paz e reunir tantas pessoas em um momento tão agradável, apolítico e de tanta importância para todos nós. Estão de parabéns os organizadores e voluntários que participaram deste evento e também toda a população que veio as ruas reivindicar os seus direitos", destacou o vice-prefeito Lero que recentemente foi atingido no braço por um disparo de arma de fogo numa tentativa de assalto, ocorrida na comunidade de Placas.
 
 

Com gritos de 'Queremos Paz', 'Mais Segurança', 'Chega de roubos', o protesto percorreu as ruas do centro da cidade contornando as praças do centro da cidade. 
De branco e com camisetas com a frase 'Eu quero paz em Taquaritinga do Norte' estampada, as pessoas caminharam com faixas e bexigas brancas nas mãos. Ao longo da caminhada um locutor dizia frases que cobravam mais atenção governo do estado. 
"O governador Paulo Câmara precisa nos respeitar, precisa olhar por nós e fazer alguma coisa ela segurança, precisamos de mais policiais! Não podemos sair de casa, caminhar nas ruas, conversar com amigos na praça, respeite o povo de Taquaritinga!" Dizia.

Para marcar o encerramento do evento, o Hino Nacional Brasileiro foi executado e cantado pelos moradores no Altar da Pátria, que fica na praça central. 
No local, os organizadores falaram da importância de lutar por melhorias para o município e agradeceram a participação dos moradores que acreditaram no movimento. 
"Conseguimos reunir em uma só causa, todos os segmentos, político, empresarial e a população em geral, deram as mãos reivindicando o princípio do direito de ir e vir com segurança. Estamos todos aqui com um único propósito, transformar essa cidade para melhor," Disse Lindbergh Macêdo (FOTO AO LADO), um dos organizadores do movimento. 
Taquaritinga do Norte que era conhecida como uma cidade pacata e tinha a tranquilidade como parte de sua rotina, atualmente sofre com a insegurança e um número de assaltos que cresce a cada dia, o medo está espalhado por todo município. Comerciantes tem fechado as porta mais cedo e moradores tem evitado sair à noite, a insegurança tem deixado a cidade vazia. (Com informações e fotos de Paulo Pereira / Blog PEmais e Edson Arruda / Blog Pão de Açúcar News)
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário