Advertisement

7 de agosto de 2015

Radialista é executado durante programa ao vivo em Camocim

gladsonO radialista Glaydson Carvalho, natural de Camocim, foi enquanto apresentava o programa no qual comandava na rádio Liberdade FM 90,3.
Segundo a polícia, dois homens chegaram de moto na emissora fingindo contratar um anúncio com o locutor, após renderem a recepcionista, adentram o estúdio e efetuaram três disparos, sendo dois no peito e um na cabeça.
O delegado responsável pelo caso, Herbert Ponte e Silva, não tem dúvidas que as características da morte de Glaydson apontam para uma execução, pois não houve roubo de pertences materiais.
Ameaças antigas
Radialista e amigo da vítima, Autran Santos, conta que o locutor já vinha sofrendo ameaças de morte pelo Facebook.
Conhecido como "O Amigão", Glaydson Carvalho era proprietário da rádio e apresentava o programa diariamente das 12:00h as 14:00h, tratando de assuntos variados do cotidiano de Camocim.

Rápida busca
A rápida e elaborada ação policial já rendeu a prisão dos acusados, ainda na noite da quinta (6). Segundo Artuane Aguiar, comandante da Polícia Militar no município, equipes da Força Tática de Apoio (FTA) e do Comando Rural Tático realizaram cercos nas estradas de Camocim e conseguiram a prisão.
Apuração precisa
Por meio de nota, a Associação Brasileira de Emissora de Rádio e Televisão (ABERT) repudiou o assassinato de Glaydson Carvalho. O órgão considera preocupante o aumento de casos que buscam impedir a livre e necessária atuação da imprensa e apela as autoridades do Ceará que apurem o crime com rigor.
*Com informações de Maristela Gláucia.
Veja programa apresentado por Gladson:
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário