Advertisement

20 de setembro de 2015

IFGF avalia Toritama e Vertentes na gestão fiscal municipal

Apesar de próximas, as cidades de Toritama e Vertentes apresentam amplas diferenças quando o assunto é o desempenho da gestão municipal, de acordo com o IFGF – Índice Firjan de Gestão Fiscal, o qual mostra como os tributos pagos pela sociedade são administrados pelas prefeituras. Os dados completos estão disponíveis no site da instituição e mostra o ranking de todos os municípios do Brasil.Ao participar nas rádios da região, incluindo a rádio Toritama FM, junto com o pré-candidato a prefeitura de Toritama Edilson Tavares, o ex-prefeito da cidade de Vertentes, Romero Leal e seu filho Romerinho comentaram a publicação dos dados e comemoraram a 11º posição que Vertentes alcançou no IFGF. Romero Leal disse ainda que Toritama arrecada mais que o dobro dos recursos de Vertentes, provenientes de impostos, e que mesmo assim, surpreendentemente Vertentes foi capaz de fazer mais do que Toritama nos últimos anos. Ele disse que a capital do jeans sofre há anos com gestores incompetentes e incapazes de fazer benfeitorias públicas. Ao comentar os dados do IFGF, Romero Filho informou que lamentavelmente a cidade de Toritama está quase na lanterna no ranking dos municípios e ocupa da 171° posição, entre os 185 municípios existentes em Pernambuco. Romero Filho disse que, entre os quesitos do IFGF, enquanto Vertentes obteve avaliação B, de boa gestão fiscal, Toritama obteve avalição D de gestão crítica, como demonstram as tabelas. Romerinho criticou a gestão do prefeito de Toritama, Odon Fereira e da vice Lucinha Pereira pela falta de obras com recursos próprios, como um indício de mau uso do dinheiro público. “Enquanto Toritama falha até para espalhar piçarro e planear as estradas da zona rural, Vertentes já pavimentou com calçamento e até asfaltos os seus distritos”, disse Romerinho. Ele também alertou os eleitores de Toritama com a seguinte frase, “Se na próxima eleição o povo vender seus votos, depois o político corrupto que for eleito, obviamente vai retirar da prefeitura para si, o dinheiro que comprou os votos”.

Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário