Advertisement

18 de outubro de 2015

GOVERNO AMPLIA EFETIVO DO AGRESTE CENTRAL COM 100 PMS

CARUARU - O Agreste Central recebeu, na última  sexta-feira (16), um reforço de 100 policiais militares. A medida faz parte do novo plano de ação do Pacto Pela Vida (PPV) para a região, deliberado pelo governador Paulo Câmara em setembro, na 31ª reunião do comitê gestor do programa, realizada em Caruaru. O chefe do Executivo estadual voltou ao município para presidir a solenidade que marcou o ingresso dos PMs no 4º BPM - Batalhão Barreto de Menezes.
Com o incremento, a segurança da região passa a contar com 855 policiais militares, o que representa uma relação de 137 PMs por 100 mil habitantes. O reforço no efetivo do município, que faz parte da Área Integrada de Segurança (AIS) 14, e compreende 15 municípios, vai combater a criminalidade organizada.

Entre os municípios contemplados com a ação estão Caruaru, Bezerros, Bonito, Panelas, Cupira, Altinho, Agrestina, São Joaquim do Monte, Riacho das Almas, Lagoa dos Gatos, Camocim de São Félix, Sairé, Barra de Guabiraba, Ibirajuba e Jurema.

"Esse novo plano de ação do Pacto pela Vida já mostrou resultados importantes. O número de apreensões de armas foi maior; e de drogas também, que é um elemento que causa muita violência no nosso País. É fundamental que cada um dos senhores tenha a consciência do seu papel. A atuação de vocês, somada ao nosso diálogo, à nossa política de prevenção, educação e cidadania, fará com que os números sejam revertidos", afirmou Paulo Câmara.

BATALHÃO ESPECIALIZADO - Outros 160 soldados estão atuando na área ao norte da BR-232, nas regiões Agreste e Zona da Mata. Os soldados integram o Batalhão Especializado de Polícia do Interior (BEPI), atualmente conhecido como Companhia Independente de Operações e Sobrevivência na Área da Catinga (CIOSAC), com uma companhia em Toritama. A nova unidade, que será criada, ficará responsável pela interiorização da atual CIOSAC.

O secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, ressaltou a importância do novo batalhão. “O que a gente tem é um policiamento especializado, bem treinado para fazer a repressão ao tráfico de drogas, aos assaltos a bancos por quadrilhas mais organizadas, reprimindo toda a criminalidade”, pontuou.

Fonte: Governo do Estado de Pernambuco
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário