Advertisement

3 de novembro de 2015

Com obras saindo do papel, prefeito Odon esboça uma reação para as eleições municipais de Toritama

O mês de outubro deixou um saldo politicamente positivo para a gestão Odon Ferreira na Capital do Jeans. A típica frase ‘aos 45 do segundo tempo’ é a mais apropriada para o momento atual do seu governo. Após um longo período de bombardeios da Oposição, o prefeito navega agora em águas tranquilas. Novamente com a maioria na Casa Legislativa (7×6), barrou novas tentativas de CPI e parcialmente desarmou a grupo adversário.

As promessas

A exemplo de qualquer político, o prefeito Odon apresentou um plano de governo ousado e revolucionário. Com o passar do tempo, tantas promessas e quase nada cumprido se tornaram o primeiro estopim na mão da Oposição.

A crise

Eleito com doze dos treze vereadores, a situação erra de absoluto controle na base governista. Com altos e baixos, a Oposição chegou a estar com dez vereadores dispostos a caçar o mandato do Prefeito Odon. Constantes mudanças nas secretarias, escândalos e denuncias de improbidade administrativa, pedidos de CPI`S e o rompimento com a vice-prefeita enfraqueceram consideravelmente o governo do PSB.

Momento atual

Informações de bastidores divulgadas há meses, começam a se confirmar. A notícia é que a Prefeitura teria em caixa cerca de R$ 3 milhões para gastar com obras no município.

Com base no discurso do vereador Arimatéia de Carvalho (PSD), ‘Se o Prefeito fizer logo no inicio o povo esquece’, a frase que foi dita pelo parlamentar nos microfones da Rádio Líder FM ao anunciar a ordem de serviço para as obras do Campo de Futebol, reforça a ideia de agora a tão comentada mudança começa a acontecer. Na última sexta- feira (31) a prefeitura entregou á população do Bairro Independente, a segunda UBS (Unidade Básica de Saúde) do município e já trabalha para conclusão da Unidade do Bairro Duque de Caxias.
A chegada definitiva do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) antiga CIOSAC, caiu como uma luva nas mãos do governo.  O Batalhão foi alvo de muita polêmica e desconfiança de sua instalação na Capital do Jeans. O Prefeito Odon cobrou publicamente no discurso de inauguração a promessa de um parlamentar, que teria afirmado que vestiria uma saia, caso o Batalhão ficasse no município.

E a oposição?

Outro ponto positivo para base governista é o fato de não se preocuparem com a Oposição, já que os que se dizem oposicionistas estão com as atenções totalmente voltadas para as eleições municipais. A oposição se aferrenha em uma disputa interna entre os grupos de Lucinha (PSDB) e Edilson Tavares (PMDB), deixando de lado o gestor atual que trabalha e articula sua reeleição. Para Odon Ferreira, quanto mais candidatos melhor, a briga entre eles desvia o foco de quem estar no poder.
 Blog do Ney lima 
Com informações de Evandro Balla, correspondente do blog em Toritama.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário