Advertisement

18 de novembro de 2015

​Projetos levam mais água para distritos de Bezerros

Encruzilhada de São João, Sapucarana e Serra Negra ganharão novos sistemas de abastecimento
Três distritos do município de Bezerros, no Agreste do Estado, a 105 km do Recife, deverão ganhar, em breve, novos sistemas que melhorarão o abastecimento de água. Nesta quarta-feira (18), o gerente da Regional da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Ricardo Malta, o gerente de Projetos da companhia, Flávio Coutinho e o prefeito de Bezerros, Severino Otávio, assinaram a ordem de serviço para o início da elaboração de dois projetos de abastecimento para as localidades de Encruzilhada de São João, Sapucarana e Serra Negra, em Bezerros. Ao todo, 15 mil pessoas deverão ser beneficiadas. A assinatura ocorreu na sede da prefeitura do município.

Na ocasião, o prefeito de Bezerros, Severino Otávio (Branquinho) agradeceu ao governador Paulo Câmara e ao presidente da Compesa, Roberto Tavares  pelo atendimento ao pleito dos moradores das três localidades, um sonho de mais de 20 anos. "Em breve essas pessoas terão água encanada em casa, um benefício que irá melhorar a qualidade de vida dessas pessoas", afirmou o prefeito.


Em Encruzilhada de São João e Sapucarana, a proposta é construir uma nova rede de distribuição nos dois distritos e interligá-la à Adutora do Agreste, que está em execução. Atualmente, o abastecimento das duas localidades é gerenciado pela prefeitura do município a partir do sistema do Poço da Areia, que está em colapso. A população tem recebido água por meio de carros-pipa também administrados pela prefeitura. Para elaborar o projeto, a Compesa está investindo R$ 330 mil com recursos próprios. A expectativa é que em até 7 meses o projeto esteja concluído.

Já em Serra Negra, há uma preocupação tanto da prefeitura quanto da Compesa em atender melhor essa região turística. Hoje, a localidade não é cliente da Compesa. O projeto em questão vai permitir que Serra Negra receba água do Sistema Brejão, o mesmo que atende o município de Bezerros, a partir da expansão e integração do sistema. O prazo para execução do projeto também é de 7 meses e o valor do contrato é de R$ 332 mil com recursos da Compesa.


Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário