14 de novembro de 2015

postheadericon Secretários de saúde se reúnem para debater sobre surto de virose que atinge cidades de Pernambuco

Na manhã desta sexta-feira (13), secretários de saúde e diretoras de departamentos de epidemiologia e vigilância ambiental dos municípios de Sata Cruz do Capibaribe, Jataúba, Brejo da Madre de Deus e Toritama estiveram reunidos em Santa Cruz do Capibaribe para debater sobre o surto de virose que acomete milhares de pessoas em algumas cidades da região do Polo de Confecções do Agreste e Pernambuco. No encontro que aconteceu no auditório da Secretaria de Educação de Santa Cruz, também esteve presente o coordenador da 4ª Gerência Regional de Saúde (GERES), da Secretaria Estadual de Saúde, Dr. Efraim.
Órgãos de imprensa locais e de algumas cidades da região foram convidados e estiveram presentes.
Breno Feitoza, secretário de saúde de
Santa Cruz do Capibaribe.
Durante a reunião, secretários de saúde expuseram as dificuldades enfrentadas no atendimento e tratamento do grande número de pessoas que têm procurado as unidades de saúde da região fazendo com que os hospitais e outras unidades tenham que dobrar os atendimentos médicos para poder atender a enorme demanda de pessoas doentes com a virose, a qual não se sabe ao certo se trata-se de Dengue, Zika ou Chikungunya, mas que ambas as doenças são transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti e que o mosquito se reproduz principalmente em água limpa e parada.


Efraim Soares,
coordenador da 4ª GERES.
Segundo informações, o larvicida fornecido pelo Ministério da Saúde e usado pelos agentes de combate às endemias para ser colocado em reservatórios de água e eliminar larvas, estava em falta há 3 meses, mas de acordo com o representante da 4ª GERES, o larvicida já chegou em Pernambuco e que apesar de ter sido enviado em quantidade insuficiente, os municípios atingidos pelo surto de virose terão prioridade e a Secretaria Estadual de Saúde não fará cortes nas quantidades de larvicida fornecidas para estes municípios.


Vanessa, secretária de saúde de
Brejo da Madre de Deus.
Outro tema debatido na oportunidade foi a possibilidade de haver ligação entre a virose e o aumento de casos de recém-nascidos com microcefalia registrado recentemente em Pernambuco, fato que tem colocado os órgãos de saúde em alerta, tendo inclusive, sido decretado melo Ministério da Saúde situação de emergência no estado.


Ieda, da secretaria de saúde de Jataúba.
Vale lembrar que a principal forma de evitar a virose é o combate às larvas do mosquito que se desenvolvem principalmente na água limpa e parada e que a maioria dos focos estão dentro das residências. Portanto é necessário que cada cidadão faça sua parte, evitando deixar aberto qualquer recipiente que possa acumular água.


Nara Saraiva.
Durante a reunião desta sexta-feira em Santa Cruz do Capibaribe, também esteve presente representando o departamento de vigilância epidemiológica de Santa Cruz do Capibaribe, a diretora Nara Saraiva, a qual forneceu informações importantes acerca do combate ao Aedes Aegypti, segundo Nara, cerca de 80% dos focos do mosquito estão dentro das residências da população e por isso é extremamente importante que cada um de nós façamos nossa parte eliminando possíveis focos existentes em nossas residências.

Do http://www.merecedestaque.com/

0 comentários:

VER MAVA

VER MAVA

Berg Etiquetas

Berg Etiquetas

NG Tecidos

NG Tecidos

GPS - Administradora

GPS - Administradora

Cheiro e Chame Acessórios

Cheiro e Chame Acessórios

Ricardo

Ricardo


DISQUE 3719 4545

DISQUE 3719 4545
Para qualquer Informação

C & E F: 9319 6440

C & E F: 9319 6440
Fone 9716:8881

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Promoção Grátis

Insira seu Email Gratuitamente

Receba Nossas Novidades Via Email

Colaborador

Colaborador

Romero Leal

Romero Leal

Ligue 3741 1602

Ligue 3741 1602

Vereadora Rossana

Vereadora Rossana

Radio Toritama FM 104.9

Colaborador

Colaborador

Postagens populares

Seguidores

Atualizados