Advertisement

23 de fevereiro de 2016

A novela sem fim da PE-160 continua

Toda grande obra tem pelo menos um político que se denomine pai, embora não resolva os problema e iluda a população com falsas promessas. Esse pode ser o roteiro da duplicação da PE-160, no trecho de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte, à Santa Cruz do Capibaribe, onde funciona um dos maiores polos de confecções de Pernambuco.A obra foi prometida ainda no primeiro governo de Eduardo Campos e, na metade da gestão Paulo Câmara, as promessas ainda são muitas e os resultados quase invisíveis. Após protestos da população, o governo do Estado chegou a enviar maquinário para abrir a estrada, entretanto, poucos meses depois – como já ocorreu incontáveis vezes – as máquinas pararam e os trabalhadores não foram mais vistos.

Agora, meses depois da última paralisação – e sem dinheiro para obras (embora o governador compre lagostas e bourbon com o dinheiro público – técnicos do Departamento Estadual de Rodagens (DER) e de representantes da empresa SVC, responsável pelas obras, estiveram no canteiro de obras para verificar em que ponto os trabalhos pararam e anunciar será dado início a operação tapa buracos na rodovia.

As obras de duplicação ainda não serão retomadas, embora o Estado e os defensores aleguem que em tudo foi paralisado uma vez que a Ponte Miguel Arraes continua em execução.

A eleição será em Outubro, mas os blocos já estão na rua e resta ao eleitor buscar novidades ou continuar com as mesmas promessas dos aliados do governador, que almoça lagosta, enquanto a população sofre com a falta de infraestrutura nas cidades.

Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário