Advertisement

12 de fevereiro de 2016

Conselheiros Tutelares assassinados em Poção são homenageados nesta sexta-feira


Será realizada na tarde desta sexta-feira (12), na cidade de Poção, uma homenagem aos conselheiros tutelares que foram brutalmente assassinados. Para quem não se lembra, o crime aconteceu há pouco mais de um ano e chocou o país.

Relembre o caso

De acordo com as investigações da polícia feitas à época, os três conselheiros regressavam de uma operação em 06 de fevereiro no município de Arcoverde para busca de uma criança, em cumprimento de uma ordem judicial. Quando estavam em uma estrada de terra no Sítio Cafundó, eles foram emboscados e executados a tiros.
No carro estavam os conselheiros Lindenberg Vasconcelos, Daniel Farias e Carmem Lúcia da Silva, além de Ana Rita Venâncio, que era avó paterna de uma criança de 03 anos, que foi a única sobrevivente da chacina. A tomada da guarda da criança seria a motivação para as mortes.

As investigações apontavam que a avó materna da criança, Bernardete Lurdes Britto Siqueira, teria sido a mandante dos assassinatos. Também foram indiciadas outras seis pessoas por participação nas mortes: José Vicente Ferreira Cardoso (59 anos), Leandro José da Silva (25 anos), Egon Augusto Nunes (27 anos), Wellington Silvestre dos Santos (27anos), Orivaldo Godê de Oliveira (49 anos) e Ednaldo Afonso da Silva, 44. Os seis teriam recebido R$ 45 mil para cometer os crimes.

As homenagens

No dia 12 do mesmo mês, poucos dias depois do sepultamento das quatro vítimas, conselheiros tutelares de todo o país fizeram uma grande paralisação para expor as condições de risco que enfrentam diariamente, até então pouco repercutidas na grande mídia. A homenagem também celebra o Dia Estadual de Mobilização e Fortalecimento dos Conselheiros Tutelares.

O evento está acontecendo no Centro Catequético Paroquial da cidade.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário