Advertisement

1 de fevereiro de 2016

Edilson Tavares em plenária com presença do vice-presidente da república

Junto com lideranças políticas de Toritama, Edilson Tavares, pré-candidato a prefeito de Toritama, atendeu ao convite do vice-governador Raúl Henry e marcou presença na Caravana da Unidade do PMDB, na noite desta sexta-feira, 29 de janeiro, no Recife. O evento aconteceu no auditório do JCPM com a presença do vice-presidente da república, Michel Temer, que veio no objetivo de pedir o apoio das lideranças pernambucanas para renovar o seu mandato de presidente nacional do partido, posto que ocupa desde o ano de 2001. Temer vai disputar em eleições internas nos próximos meses, a liderança nacional do partido contra o Senador alagoano, Renan Calheiros.  Além dos assessores, militantes e cabos eleitorias, Edilson Tavares foi acompanhado por Hélio Lima, Moisés e Gerônimo, atualmente filiados ao PMDB, Efrain José, ex-presidente da câmara de vereadores de Toritama e presidente municipal do PPS, e pelo Souza, presidente municipal do PMN. 

Além do vice-presidente da república, Michel Temer, dentro outras lideranças, a mesa da plenária estava composta pelo vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, o deputado federal Jarbas Vasconcelos e o deputado estadual natural de Caruaru, Tony Gel.

Na tribuna, Raul Henry discursou sobre a história e importância do PMDB e na luta pela construção da democracia no Brasil. Lamentou que o Brasil perdeu tempo e ficou para trás diante de outras nações, as quais deram um salto na construção da infraestrutura necessária para o progresso e disse que o Brasil lamentavelmente caminha para uma situação de 10 milhões de desempregados. Por sua vez, Jarbas Vasconcelos fez um discurso duro e crítico. Ele falou que milita no PMDB desde a sua fundação, em março de 1966 quando ainda se chamava MDB, movimento aquele que se opôs a ditadura militar de 1964 a 1984, Jarbas disse que atualmente os partidos no Brasil sofrem, o que classificou de uma pobreza franciscana. Por final, Michel Temer foi à tribuna sob aplausos, e comentou o programa que propõe ao partido, o qual suporta tanto o sistema presidencialista como também o sistema parlamentarista. Temer se mostrou firme e com discurso moderado, alegou ter pavor ao radicalismo, lamentou os recentes incidentes de corrupção na política nacional, mas que a solução para o país é voltar a governar com o apoio da sociedade, que está refletida no congresso nacional com os deputados federais. Temer anunciou que se aproxima outubro, o mês da então comemoração do aniversário de 100 anos de Ulysses Guimarães. O vice-presidente da república encerrou o discurso dizendo que o PMDB é um partido jovem, por que é um partido de ideias renovadas.

Ao final da plenária, Edilson Tavares e as lideranças que o acompanhou foram ao encontro do vice-governador, Raul Henry, do deputado federal Jarbas Vasconcelos e o do deputado estadual Tony Gel, eles conversaram sobre o andamento da construção da futura candidatura a prefeito em Toritama. Obedecendo ao protocolo oficial, o vice-presidente da república concedeu entrevista coletiva e seguiu direto ao aeroporto do Recife, cidade que estava na ocasião com o trânsito caótico, em razão de um forte temporal e vendavais.  
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário