Advertisement

11 de maio de 2016

Compesa esclarece sobre obra da Adutora do Agreste

Em resposta ao movimento realizado hoje (10) na cidade de Águas Belas, que responsabilizou a Compesa  pelo atraso da obra da Adutora do Agreste, a  companhia  esclarece  o seguinte:
1) defendemos toda articulação para ajudar a retomarmos as obras, que consideramos a mais importante obra hídrica em nosso Estado;
2) as obras da Adutora do Agreste estão em ritmo lento e em alguns trechos paralisadas devido à diminuição dos repasses do Governo Federal;
3) Pelo convênio assinado e publicado em 23/12/2011, o Governo Federal é responsável pelo repasse de 90% dos recursos, ou seja, R$ 1,246 bilhões. 
4) Executamos cerca de R$ 510 milhões do total de R$ 1,38 bilhões, mas os repasses diminuíram muito nos últimos anos. 
5) Caso os repasses tivessem sido realizados a contento, a cidade de Águas Belas e algumas outras não estariam sofrendo a situação de colapso atual. 

A Compesa se solidariza com a população de Águas Belas e de todo o Agreste Pernambucano e afirma que continua lutando pela regularização dos repasses junto ao Governo Federal, principalmente no momento em que temos a maior seca dos últimos 60 anos.
Responder Responder a todos Encaminhar Mais
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário