20 de outubro de 2017

postheadericon Compesa e PM combatem furto de água no Ramal V da Adutora do Oeste

A   Compesa realiza, em parceria com a Policia Militar, uma operação para  combater o furto de água no Ramal V da Adutora  do Oeste, no trecho  localizado entre a zona rural do município de  Trindade, passando por Araripina, até o distrito  de Barra de São Pedro, em Ouricuri. Esse ramal é responsável pelo abastecimento  de água dos distritos de Nascente, Lagoa do Barro e Gergelim, localizados em Araripina, além da sede do município e da localidade de  Lagoa do Barro, em  Ouricuri, no Sertão do Araripe.  Até o momento, já foram retiradas dez ligações  clandestinas, ação que que permitiu recuperar uma vazão de 20 litros de água, por segundo, produção suficiente para atender cerca de 2.100 famílias. O trecho do  Adutora do Oeste, que é alvo da operação, tem 30 quilômetros de extensão e transporta 50 l/s, de água captada diretamente no Rio São Francisco. “O desvio de 20 l/s  causava um impacto muito grande no atendimento dessas localidades e na cidade de Araripina. Vamos prosseguir com a ação na tentativa de retirar todas as ligações irregulares que desequilibram o sistema de abastecimento, causando falta de água e queda de pressão nas localidades”, explica o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, João Virgílio.

A ação foi motivada pela queda de vazão acentuada do sistema verificada pelo setor de Controle Operacional da Compesa,  e pela quantidade de reclamações dos moradores das localidades atendidas pelo Ramal V da Adutora do Oeste. A Companhia também recebeu  denúncias de que carros-pipa estariam abastecendo os veículos, durante à noite, diretamente na adutora. “Recebemos muitas queixas dos moradores e solicitamos imediatamente o apoio da PM, que nos atendeu prontamente”,  relata o gerente da Compesa.

Durante a operação nenhum infrator foi preso. “A localização desse trecho da adutora em área rural e de difícil acesso é um dos fatores que têm atrapalhado as ações de flagrante. Mas a PM está empenhada na investigação e identificação dos responsáveis”, observou João Virgílio, informando que o desvio de água da rede pública de abastecimento é um crime previsto em Lei. Os infratores podem ser penalizados criminalmente e pagar multas à Compesa.


0 comentários:

VER MAVA

VER MAVA

Berg Etiquetas

Berg Etiquetas

NG Tecidos

NG Tecidos

GPS - Administradora

GPS - Administradora

Cheiro e Chame Acessórios

Cheiro e Chame Acessórios

Ricardo

Ricardo


DISQUE 3719 4545

DISQUE 3719 4545
Para qualquer Informação

C & E F: 9319 6440

C & E F: 9319 6440
Fone 9716:8881

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Promoção Grátis

Insira seu Email Gratuitamente

Receba Nossas Novidades Via Email

Colaborador

Colaborador

Romero Leal

Romero Leal

Ligue 3741 1602

Ligue 3741 1602

Vereadora Rossana

Vereadora Rossana

Radio Toritama FM 104.9

Colaborador

Colaborador

Postagens populares

Seguidores

Atualizados