3 de outubro de 2017

postheadericon Outubro Rosa tem amplo engajamento da OAB-PE

A campanha Outubro Rosa, de alerta e conscientização da população sobre o câncer de mama, tem novamente a OAB Pernambuco como aliada. Ao longo do mês, a entidade realizará uma série de atividades com foco na importância da prevenção e diagnóstico precoce do tipo de neoplasia mais comum entre o sexo feminino no Brasil e no mundo – respondendo, em território nacional, por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. Entre as ações estão a produção e a divulgação de um vídeo documental exclusivo sobre como é conviver com a doença e a mudança da iluminação externa do edifício sede da entidade, no Recife. A luz da fachada ganhará tons de rosa até 31 de outubro. A mudança é uma forma adotada internacionalmente por instituições para demonstrar o envolvimento na empreitada. Funcionários e funcionárias e estagiários e estagiárias da sede também receberam o famoso laço rosa, que ganhou uma versão em broche com a logomarca da OAB-PE.  A peça é mais um símbolo usado mundialmente como parte da campanha de precaução e enfrentamento da doença. O acessório foi distribuído indistintamente como forma de sensibilizar e conseguir o engajamento de todo o quadro de colaboradores, principalmente dos que têm contato com o público frequentador da unidade, formado em sua maioria por profissionais de advocacia e estudantes de direito. Na segunda quinzena desse mês, a instituição ainda promoverá um evento na capital para discutir os aspectos legais do problema. De maneira a aumentar o alcance e a repercussão das ações, todas as iniciativas da OAB Pernambuco relacionadas ao Outubro Rosa serão amplamente divulgadas nos canais de comunicação e redes sociais da instituição.

Mais – O movimento Outubro Rosa teve início nos Estados Unidos por volta da última década do século XX. O nome remete à cor do laço que simboliza a luta contra a doença. Hoje em dia, a mobilização é celebrada internacionalmente de modo a estimular o combate, a prevenção e o esclarecimento sobre o câncer de mama em todo o planeta.

No Brasil, a iluminação de prédios públicos e privados ocorreu pela primeira vez em São Paulo (SP), em 2002. Na época, o monumento escolhido foi o Mausoléu do Soldado Constitucionalista, mais conhecido como Obelisco do Ibirapuera. Desde então, vários espaços receberam luz em tons de rosa, como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro (RJ); o Elevador Lacerda, em Salvador (BA); e o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional, em Brasília (DF). No exterior, a Torre Eiffell, em Paris (França), e a Ópera de Sidney, na Austrália, estão entre os cartões-postais que já aderiram à causa.

Neoplasia – Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no país, cerca de 28% dos casos novos anuais da moléstia são de mama. De forma mais rara, a doença também acomete os homens, representando aproximadamente 1% do total. Em 2016, foram diagnosticadas quase 57.960 ocorrências do problema. Levantamento do órgão aponta que, em 2013, dos 14.388 óbitos causados pelo câncer de mama, 14.206 foram mulheres e 181 homens.

Considerando que quatro e cada cinco casos ocorrem após os 50 anos, a idade é um importante fator de risco para o câncer de mama. Entretanto, há outros elementos que podem aumentar o risco para a doença, como questões ambientais e comportamentais, da história reprodutiva e hormonal e genéticos e hereditários. Como parte deles estão obesidade, sedentarismo, histórico familiar, primeira menstruação antes dos 12 anos, não ter tido filhos nem amamentado, uso de contraceptivos hormonais, primeira gravidez após os 30 anos e parar de menstruar após os 55 anos, entre outros.

Prevenção – A adoção de hábitos de vida saudáveis figura como uma das principais formas de prevenção ao câncer de mama. Praticar atividades físicas regularmente, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, manter o peso corporal adequado e aderir a uma alimentação saudável estão entre as indicações do Inca como formas de precaução.

O autoexame nos seios deve ser feito periodicamente. Os principais sinais e sintomas são caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente indolor; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito e/ou saída espontânea de líquido dos mamilos; e nódulos na região das axilas ou no pescoço. A orientação é que, diante de alterações mamárias do tipo, o serviço de saúde seja buscado imediatamente para a realização do diagnóstico ou não de câncer de mama.

0 comentários:

VER MAVA

VER MAVA

Berg Etiquetas

Berg Etiquetas

NG Tecidos

NG Tecidos

PMDB

PMDB

GPS - Administradora

GPS - Administradora

Cheiro e Chame Acessórios

Cheiro e Chame Acessórios

Ricardo

Ricardo


DISQUE 3719 4545

DISQUE 3719 4545
Para qualquer Informação

C & E F: 9319 6440

C & E F: 9319 6440
Fone 9716:8881

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Promoção Grátis

Insira seu Email Gratuitamente

Receba Nossas Novidades Via Email

Colaborador

Colaborador

Romero Leal

Romero Leal

Ligue 3741 1602

Ligue 3741 1602

Vereadora Rossana

Vereadora Rossana

Radio Toritama FM 104.9

Colaborador

Colaborador

Postagens populares

Seguidores

Atualizados