Advertisement

24 de outubro de 2017

Violência motiva fechamento do Banco do Brasil em Riacho das Almas

Motivados pelo elevado número de assaltos e explosões a agências bancárias, o Banco do Brasil encerrará as atividades no município de Riacho das Almas, no Agreste do Estado. O comunicado foi feito durante Audiência Pública, pelo superintendente do banco, Alexandre Negri.
“Este é um movimento nacional. Desde 2015, estamos ultrapassando o teto de gastos com reformas e readequações em agências que sofreram sinistros. A cada passo da tecnologia que nós damos para reforçar a segurança das nossas agências, assaltantes também conseguem outras formas de cometer os crimes”, afirmou o gestor.
Ainda segundo Negri, os números em Pernambuco em relação a explosões e assaltos chamam atenção: “das 184 agências do Banco do Brasil em todo o Estado, 90 foram impactadas com ações criminosas” declarou.
  
O prefeito de Riacho das Almas, Mário Mota, criticou a decisão do Banco e informou que já esta conversando com representantes da Caixa e de bancos privados. “Essa é uma situação constrangedora, que nos entristece muito. Só a folha de pagamento da Prefeitura de Riacho das Almas movimenta mensalmente no Banco do Brasil R$ 1,5 milhão. Isso sem contar os comerciantes, confeccionistas e cidadãos que são correntistas deste banco. Essa decisão é um erro”, desabafou.

Todas as contas da agência de Riacho das Almas foram transferidas, automaticamente, para a agência central do Banco do Brasil em Caruaru.


Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário