Advertisement

3 de novembro de 2018

Empresário Josimar Henrique da Silva morre no Recife aos 68 anos Fundador da Hebron Indústria Farmacêutica, de Caruaru, morreu de leucemia

Faleceu, nesta sexta (02), o fundador e presidente do Conselho de Administração do Laboratório Hebron Farmacêutica Indústria de Medicamentos, Josimar Henrique da Silva. A empresa que ele presidiu funciona em Caruaru desde 1990 e é uma das maiores da área de fitoterápicos do país, com atuação no Brasil, América do Sul e Estados Unidos. O velório está sendo realizado a partir das 9h deste sábado (03), na Igreja Presbiteriana das Graças. Já o sepultamento será ao meio dia, no cemitério Morada da Paz. De acordo com parentes, Josimar, que tinha 68 anos, teve complicações decorrentes de uma leucemia. "Uma figura humana realmente grande. A pesquisa farmacêutica com produtos brasileiros tem uma história possível a partir dele. Menino pobre de engenho, nascido em Palmares, chegou a presidente das principais entidades da indústria farmacêutica do Brasil. Foi um amigo, um parceiro e um irmão nos últimos 25 anos. Um dia muito triste. Abraço e choro com sua mulher, seus filhos, genro e noras, netos, irmãos, amigos e toda sorte e fortuna de gente que ele soube ajudar, apoiar, ouvir, criar presente e futuros. Humano demasiadamente humano. Sempre em minha lembrança como amigo", disse André Resende, amigo de Josimar.

Trajetória - Natural de Palmares, mudou-se criança para Caruaru por causa da asma. Aos 9 anos de idade trabalhava com o pai na feira da sulanca. Depois foi vendedor de tecidos das Casas Pessoa Filho, locutor esportivo da Rádio Liberdade e trabalhou no Banorte da capital do Agreste, de onde foi transferido para o Recife.

Na capital pernambucana se tornou representante farmacêutico do laboratório Aché, onde se especializou durante 12 anos. Quando a Hebron começou a funcionar, em janeiro de 1990, num terreno de 22 mil m² (hoje com 4 mil m² construídos) com entrada pela BR-232, a pretensão inicial era atender a quatro Estados que representam 5% do mercado brasileiro de medicamentos: Pernambuco, Paraíba, Alagoas e Rio Grande do Norte. Mas se expandiu para São Paulo, Estado que detém 35% do mercado brasileiro, onde só começou a atuar em 2006. Avançou para Minas e Espírito Santo, que juntos representam 23% do mercado nacional. 

Em 2000, como conseqüência de seu envolvimento associativo, Josimar Henrique da Silva assumiu a presidência do Conselho Deliberativo da Alanac e entre 2002 e 2004 foi seu diretor-presidente. Em março de 2004, foi publicada a portaria definitiva da Anvisa que determinava tratamentos iguais aos produtos químicos e fitoterápicos.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário:

  1. Conheci Josimar Henrique em 1991 na Federação das Industrias de Pernambuco, apresentado a ele por Francisco Mota que era presidente. Naquela época Mota me disse que eu apresentasse o Departamento de Assistencia a Media e a Pequena Industria (DAMPI) a Josimar e o que tínhamos para a empresa dele. Eu era o diretor do Dampi e, ali nasceu uma amizadecom Josimar nos últimos 20anos.Fui algumas vezes com ele a Brasilia, ao Rio de Janeiro, afora nossos papos aqui em Pernambuco. Foi um lutador ferrenho voltado aos negócios do Hebrone do Sendicato de Farmacia. Uma perda que sofremos todos. foi um industrial de verdade....

    ResponderExcluir