Advertisement

21 de dezembro de 2018

PF alerta que link de retrospectiva no WhatsApp é golpe


 Uma mensagem que promete mostrar uma retrospectiva das conversas de 2018 do WhatsApp é a nova forma de aplicação de um golpe arquitetado por cibercriminosos em todo do Brasil. De acordo com a Polícia Federal de Pernambuco, que emitiu um alerta sobre o risco da disseminação dessas mensagens, o usuário é induzido a clicar em um link que oferece a falsa promessa de relembrar fotos enviadas e conversas, mas a ação é, na verdade, uma armadilha para atrair os usuários do aplicativo a acessarem uma página criada por golpistas. Também é oferecida a opção de compartilhar o texto com outros amigos. “Quando você aperta em compartilhar, a pessoa [o criador do golpe] recebe um acesso na página dela, o que gera retorno financeiro”, explicou Giovani Santoro, chefe de comunicação da PF de Pernambuco. Em 10 horas de circulação de golpe, que começou nessa quinta-feira (20), cerca de 400 mil pessoas já haviam compartilhado a mensagem.


Já a opção de ver a retrospectiva é ainda mais perigosa. De início, uma mensagem de erro aparece e, em seguida, é solicitado que o usuário baixe um aplicativo no celular. “Quando você instala esse app, ele te leva para outra página em que supostamente você teria direito a uma conta de banda larga com desconto, e aí é aberta uma outra tela para você colocar todos os seus dados pessoais”, detalhou Giovani. A partir do preenchimento, os cibercriminosos passam a ter acessos a informações pessoais como nome, número de telefone e até dados bancários da pessoa.

Para evitar cair no golpe, a recomendação é de que internautas e usuários de redes sociais fiquem atentos e desconfiem de links estranhos. “No fim do ano, há uma proliferação muito grande desse tipo de mensagem, não só no WhatsApp. É preciso ter muita precaução”, recomendou Giovani. De acordo com o chefe de comunicação da PF, toda mensagem recebida que leva para outro link já pode ser considerada suspeita.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário