Advertisement

7 de junho de 2019

10ª edição da Hairnor encerra com Incremento de negócios e confirma edição em 2020


10ª edição da Hairnor encerra com

Incremento de negócios e confirma edição em 2020



Chegou ao fim na última segunda (dia 03) a décima edição da Hairnor 2019 – Feira de Beleza do Nordeste que durante três dias movimentou o Centro de Convenções de Pernambuco com lançamentos de produtos, demonstrações, atividades educativas e as últimas tendências do setor de estética e beleza para comerciantes, empresários, lojistas e profissionais do setor entre os quais barbeiros, cabeleireiras, esteticistas, manicures e visitantes que também foram conferir as novidades deste setor que só cresce frente às crises do mercado nacion
al. Cerca de 55 mil pessoas circularam pelo Pavilhão que contou com mais de 350 expositores e 300 marcas de todo país, entre as quais estavam Let Me Be, Malina Beauty, Amavia, Orient Life, Beox Professional, Aduance Cosméticos, Extratos da Terra, Absolute Cosméticos, Bio Extratus, Salvatore Cosméticos, Planctom, L’Arre, Apse, Eccos e muito outras empresas que tiveram saldo positivo no evento. Realizada pela Autonor Empreendimentos, a Feira gerou 30 milhões em negócios e superou a expectativa de crescimento com 10% no comparativo do ano passado. “Nossa expectativa era atingir uma meta de 10% de incremento e tivemos o dobro dessa margem e ainda alcançamos a propostas dos nossos expositores que, em sua maioria, teve de 80% a 100% de vendas nesta décima edição da Hairnor, comprovando que o mercado se destaca cada vez mais com variedade de produtos para todas as áreas”, comenta Bruna Miranda, diretora da Feira.

Isso foi evidenciado de fato pelas propostas distintas de produtos nesses três dias de Feira da Beleza do Nordeste. “Vendemos mais ou menos 55 mil reais em produtos com a expectativa alta de atingir incremento, e conseguimos alcançar essa meta com a comercialização de 80% dos nossos produtos”, diz diretor comercial Cristiano Compri da Garden Flowers Cosméticos Profissionais, empresa paulista com produtos profissionais de última geração, que trabalhou na feira as linhas de produto feminino e ainda se destacou com o Garden for Men, que traz no seu mix uma proposta que reduz os cabelos e barbas grisalhas. Esses mesmos bons ventos sobraram para a L’Arré Créative Cosmétiques, com seis anos de mercado e sediada no Brasil em São Paulo, que apostou entre os seus produtos numa linha vegana para trabalhar com alisamento dos cabelos de forma saudável. “Esta edição atendeu nossas expectativas. Vendemos 80% dos nossos produtos e acreditamos que o público do Nordeste é um potencial de negócios para nossa marca. Por isso, estamos apostando que a edição do ano que vem será igualmente rentável”, destacou Marcos Godoy da L’Arré.

Há quase 15 anos construindo uma trajetória no ramo de cosmético profissional para salões de beleza e uso pessoal, a Beox Professional tem mantido já uma presença forte na Hairnor com boas expectativas e que promete também fazer aposta em 2020. “Tivemos um ótimo fluxo de negócios e fechamos com saldo positivo, mas ainda não temos uma perspectiva de volume. Mas, com certeza, a participação na feira sempre reflete bem em nossas vendas no período”, diz Carlos de Oliveira, representante em Pernambuco da empresa paulista. Uma veterana também no setor profissional. Uma marca também forte no setor com onze anos de atuação, a Plancton Professional investiu na apresentação de seu mix de beleza capilar feminina como uma das marcas novas na feira, e saiu com saldo positivo nessa participação para ampliação da sua presença no mercado nordestino, onde já atua com presença em alguns estados como Pernambuco, Ceará, Bahia. E já garantiu sua participação na feira com a representação regional na próxima edição na feira. “Fizemos muitas ações e conseguimos nos aproximar do nosso público. A participação aqui em Pernambuco atingiu as nossas expectativas e iremos marcar presença no próximo”, destacou John Gomez, representante da empresa com sede no Rio de Janeiro.

O setor de Barbeiros, que se volta com força impressionante para os cuidados dos homens, teve grande força e participação na 10ª edição da Hairnor com empresas da praça pernambucana e nacional que conseguiram mostrar a cara e também fechar bons negócios. Um exemplo disso foi a olindense Casa do Barbeiro, distribuidora de cosméticos masculinos, que realizou uma série de ações para mostrar as novas tendências no quesito barba, cabelo e bigode e gerou grade movimento de negócios, atingindo suas expectativas. “Tivemos 92% do nosso mix vendido e atingimos 100% das nossas expectativas, além de ampliar presença da nossa marca no mercado nordestino onde já atuamos em cinco estados”, diz empresário Cesar Benetti, da Barber Shop Dom Rofectt, que criou um lounge diferenciado para apresentar produtos de beleza de fabricação própria, com destaque para o Lifting Ice, que atraiu muito a atenção do público masculino, pois sua fórmula ajuda no desenvolvimento e no crescimento de pelos da barba.

Mas, outro investimento da Hairnor foi a instalação de empresas do setor de móveis para o mercado que tem tido grande avanço neste mercado. “Temos cerca de 135 modelos de produtos entre penteadeiras, cadeiras, poltronas, consoles e carrinhos auxiliares para atender barbeiros, manicures, esteticistas e profissionais e empreendimentos na área de beleza e estética, que atuam no mercado”, destaca Marco Loss, diretor e fundador da Kixiki Móveis, empresa gaúcha que montou há 30 anos.

São peças produzidas em vinil com madeira e trabalhadas com textura e aparência que lembram móveis a base de couro, elegantes e confortáveis para atender a um vasto e exigente mercado em mais de 23 estados, onde detém um amplo número de clientes. “Nossa indústria fica no Rio Grande do Sul, mas atendemos diversos estados em parecia com distribuidores e parceiros e que facilitam a aproximação dos clientes em diversas regiões. Por isso, sempre participamos da feira para prospectar novos negócios e representantes”, completa Loss que participou pelo oitavo ano consecutivo da 10ª Hairnor – Feira de Beleza do Nordeste. Essa importante nicho tem cada vez mais se especializado no mercado de beleza com propostas diferenciadas do passado e, consequentemente, contribui para a ampliação do número de emprego e produtividade. “Mantemos hoje uma time de oito marceneiros para a produção de móveis planejados e cerca de 30 produtos base, que mantemos em portfólio”, destaca Renata Magnólia, empreendedora que começou a sua Dupallets Fast Shop há cinco anos. O negócio começou no fundo do quintal de sua casa, por uma necessidade financeira e de gerir algo que conciliasse com suas atividades como mãe e artesã e hoje é uma fábrica localizada no Jordão, onde cria projetos realizados sob encomenda. “Criamos as peças a partir da necessidade do cliente com a assistência de arquitetos parceiros, que desenvolvem os projetos em que criaremos os produtos para cada demanda, em um processo de 20 a 30 dias úteis de trabalho”, enfatiza Magnólia.

Contudo, o portfólio base é ainda bastante amplo e envolve diversos modelos de estantes, bancos, mesas laterais, aparadores, racks, araras, porta-jornais e revistas e muitos outros produtos que podem ser desenvolvidos com as peças de madeira que se tornaram tão populares e que ganham um destaque especial em qualquer decoração. “Somos a primeira empresa de móveis sustentáveis do Nordeste e planejamos os ambientes de acordo com o que se deseja e com essa proposta ecologicamente adaptável ao mundo moderno que, hoje, está cada vez mais ganhando espaço”, completa a empresária, que zerou em 100% todos os produtos expostos na Hairnor. Além de mostrar a versatilidade dos paletes (originalmente estrado de madeira) na decoração de salões, clínicas de estética, entre outros estabelecimentos, fechou novas prospecções de negócios para o futuro assim como outras empresas que marcaram presença como a Haisan e a Darus Design.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário