Advertisement

1 de julho de 2019

Central venceu o Corinthians em jogo festivo.


Em partida de poucas emoções e grandes lances, o Central venceu o Sub 23 do Corinthians pelo placar de 2 x 0. O chamado 'Jogo do Século' para o time do Central Sport Club que no último dia 15 de junho completou 100 anos, não foi um primor de partida e nem contou com um bom número de torcedores. Um jogo de poucas emoções e lances emocionantes e até a participação dos lendários ídolos corinthianos, Viola e Zenon foram poucas, menos de dez minutos em campo.Para o técnico do Corinthians, Edson Leivinha, a partida serviu para analisar alguns jogadores que estão disputando a competição nacional da categoria e pra ele não foi um jogo festivo e sim um teste de peso para seus jogadores.

Por sua vez tanto Viola, quanto Zenon até entenderam a forma de como Edson Leivinha conduziu a partida, mas queriam ter jogado mais.
Viola disse que queria ter ficado mais tempo em campo, até pela torcida que veio a campo, como também para dar mais experiência aos jogadores mais jovens.
Ainda em suas entrevistas, Zenon e Viola falaram de suas carreiras, conquistas, jogos memoráveis e a experiência de viajar todo o país com os times do Corinthians, seja das categorias inferiores ao profissional, seja com os veteranos. E quanto a participação rápida do jogo deste domingo contra o Central, disse que mesmo querendo jogar mais tempo, entendeu a decisão de Leivinha de tirá-lo logo da partida, mas que estava satisfeito com a sua participação nas festividades dos cem anos do clube caruaruense. Pediu para que todos se unissem para fazer com que o Central lute por títulos e acessos as principais divisões do futebol brasileiro. E por fim os eternos ídolos corinthianos não só deram entrevistas a imprensa local e também para pousar para fotos com fãs e admiradores.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário