Advertisement

1 de agosto de 2019

Cine Bangüê exibe filme sobre moradores de Toritama e debate com produtores PB

Conhecido pelos premiados dramas ‘Cinema, Aspirinas e Urubus’ e ‘Joaquim’, o diretor pernambucano Marcelo Gomes realiza seu primeiro documentário com ‘Estou me Guardando para Quando o Carnaval Chegar’, que será exibido nesta quarta-feira (31), no Cine Bangüê, às 19h. Após a sessão especial, haverá debate com os produtores do filme, João Jr. e Nara Aragão. Os ingressos custam R$ 10 (inteiro) e R$ 5 (meia entrada). A bilheteria abre uma hora antes da exibição.A produção nasceu de uma visita do cineasta Marcelo Gomes, diretor, a Toritama, no interior do Estado de Pernambuco. Gomes descobriu no local uma produção frenética de peças em jeans, exportadas para todo o país, e que movimenta a economia de toda a cidade. Mais do que isso, viu gerações de famílias inteiras se dedicarem ao trabalho sem parar, com pouquíssimas horas de descanso.

Desta observação nasce um documentário afetuoso sobre as novas relações de trabalho. O cineasta se coloca em frente às câmeras ao conversar com uma geração que reflete muito bem as transformações da economia e da sociedade brasileiras.

O filme mostra a rotina dos moradores de Toritama, conhecida na região Nordeste pela produção de jeans. A cidade é um microcosmo do capitalismo implacável: a cada ano, mais de 20 milhões de jeans são produzidos em fábricas de fundo de quintal. Os moradores trabalham sem parar, orgulhosos por serem os donos do seu próprio tempo.

Durante o Carnaval – único momento de lazer do ano – os moradores da cidade transgridem a lógica da acumulação de bens, vendem seus pertences sem arrependimentos e fogem para as praias em busca de uma felicidade efêmera. Quando chega a Quarta-feira de Cinzas, um novo ciclo de trabalho começa.
Compartilhar: Compartilhar no WhatsApp
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário